Uma nova proposta na dermatologia

Para você que tem pouco tempo, que detesta aquela história de passar um creme anti envelhecimento pela manhã, esperar secar, para depois passar o protetor solar essa pode ser a sua sol.

A Under Skin, marca italiana há pouco tempo no Brasil, lançou no mercado o U.SK DNA Repair DD Cream SPF 50, que, de forma pioneira, apresenta embalagem duo airless, em dois compartimentos independentes com fórmulas específicas (sérum antienvelhecimento e fórmula fotoprotetora FPS 50) para associação durante aplicação.

O produto combina filtros físicos, químicos e uma nova geração de antioxidantes para promover ação fotoprotetora de amplo espectro (contra raios UVA, UVB, Infrared e luz visível), hidratação, redensificação e reparo ao DNA celular.

U.SK DNA Repair DD Cream SPF 50 faz parte de U.SK Rosé, categoria especial para produtos que apresentam inovação tecnológica, na embalagem e formulação, ou até mesmo novas indicações para incrementar o tratamento cosmético dermatológico.

O U.SK DD Cream conta com o U.SK ColorAdapt™, pigmentos universais e dispersores ópticos que se adaptam a qualquer fototipo de pele e oferecem cobertura uniforme.

É importante lembrar durante todo o ano, da fotoproteção diária e uso de produtos com ação antioxidante contra as radiações UVA, UVB, Infrared (calor) e luz visível — que provocam o envelhecimento fotoadquirido, ligado à formação precoce de rugas, hiperpigmentações, mudança na textura da pele, angiogênese (formação de novos vasos) e flacidez. Além disso, há o risco das ‘sunburn cells’, que são células que sofreram alterações importantes pela radiação ultravioleta apresentando degeneração no seu DNA, promotoras mais tarde da possibilidade de cancerização e dano fotoadquirido.

FPS — A fórmula com FPS 50 e PPD (Proteção UVA) 18 traz filtros químicos que absorvem e dispersam os raios UVA e UVB; filtros físicos que refletem, dispersam ou bloqueiam as radiações; um copolímero que potencializa a proteção UVB/UVA e reforça a resistência à água; a Vitamina E com ação antioxidante; e o extrato de Physalis Angulata, que controla a resposta imunológica inflamatória: esse extrato tem efeito corticoid-like e diminui o dano Infrared, com redução dos agentes pró-inflamatórios — além de oferecer: controle da temperatura, proteção contra a degradação do colágeno, aumento da defesa antioxidante e aumento de fatores de crescimento. Os raios Infrared atingem a derme mais profunda — a derme reticular — onde estão as fibras de ancoragem e sustentação da pele. Quando é danificada provoca um dano muito importante, com menor elasticidade e uma piora no aspecto geral além de um maior potencial de cancerização.

Há também o dióxido de titânio como filtro físico. Esse tipo de filtro atua como uma barreira, onde a luz bate e volta. Ou seja, não tem absorvância, tem refletância: e com isso há um impedimento da cascata de danos causadas pelos raios (UVB e Infrared) que podem furar o bloqueio de filtros químicos de alguns produtos de fotoproteção.

Estudo de eficácia do produto detectou bloqueio de 57% do comprimento de onda crítico, da radiação visível, para o desenvolvimento de hiperpigmentação, especialmente em fototipos mais altos.

Sérum — Já o sérum antienvelhecimento traz ingredientes que potencializam a fotoproteção, conferem ação antioxidante, estimulam a proteção e a reparação ao DNA celular, além de agirem na ativação do metabolismo e na melhora da integridade da barreira cutânea. O produto melhora o relevo cutâneo, atenua rugas e linhas de expressão e anula os efeitos dos radicais livres gerados pela exposição solar.
A ação de reparo e proteção celular é um grande diferencial do produto.

O ingrediente Tripeptídeo-33 é responsável pela atuação, na medida em que inibe a formação de proteínas resultantes do estresse oxidativo, apresenta efeito fotoprotetor e protege as células da pele do dano ao DNA induzido pela radiação UV. Segundo estudos, a capacidade de reparo é de 69% e de 36% de proteção.
A fórmula do sérum antienvelhecimento traz o extrato de Morinda Citrifolia, uma planta nativa do sudeste asiático. O ingrediente — rico em ácidos orgânicos e polissacarídeos — melhora o relevo cutâneo, uniformiza a tonalidade, hidrata e confere efeito anti-inflamatório e de controle da microbiota da pele. Além disso, o extrato potencializa a proteção UVB, funcionando como um filtro natural que também acalma a pele por via anti-inflamatória e de redução da vermelhidão.

Por meio do colágeno marinho conjugado com silício, polissacarídeos da microalga vermelha Porphyridium cruentum e de oligossacarídeos da frutose, o sérum promove ação rejuvenescedora, com estímulo à síntese de colágeno, melhora da integridade da barreira cutânea, hidratação, reestruturação da ancoragem na junção dermoepidérmica e estímulo à proliferação celular.

Com a função de multiplicar células, um biopeptídeo derivado do ácido glutâmico, presente no sérum, ativa o metabolismo celular, regulando os processos bioquímicos responsáveis pelo ciclo circadiano (periodicidade dia e noite). “O ingrediente age nos genes desse ciclo que estão relacionados à proliferação celular de queratinócitos, fibroblastos e melanócitos.

Em associação na fórmula, a Under Skin apresenta uma nova geração de antioxidante que bloqueia não só os efeitos das espécies reativas de oxigênio, mas também as espécies de nitrogênio. O Dimetil-metóxi cromanol oferece proteção e reparação ao DNA, efeito antirradicais livres de oxigênio e nitrogênio e inibição da peroxidação lipídica. O ingrediente previne a morte celular. Em efeito comparativo, o ativo captura os radicais livres com melhor eficácia que resveratrol, vitamina E e ácido ferúlico — três referências clássicas em antioxidantes. O U.SK DD Cream DNA Repair SPF 50 ainda oferece um Fator de sinergia que potencializa a proteção UVB e reforça a resistência à água. A Vitamina E, também presente no sérum, oferece benefício antienvelhecimento pela sua ação antioxidante, imunoprotetora e hidratante (com perfil emoliente), além de efeito calmante e suavizante. O ingrediente ajuda a proteger do estresse ambiental e diminui o eritema e a sensibilidade da pele.

A fragrância da peônia e cereja-negra permanece como identidade olfativa da marca também na coleção U.SK Protecting.

Indicações — Com ação antienvelhecimento e fotoprotetora de amplo espectro, o U.SK DNA Repair DD Cream SPF 50 é indicado para todos os tipos de pele e garante proteção e tratamento anti-idade. O produto deve ser usado duas vezes ao dia, com aplicação pela manhã e reaplicação no período da tarde ou conforme orientação dermatológica. A aplicação do produto deve ocorrer após a mistura das duas fórmulas. A embalagem deve ser acionada pressionando as duas válvulas, ao mesmo tempo ou isoladamente, algumas vezes até a saída do produto. Misture bem, na palma da mão, e então aplique sobre a face, pescoço e colo.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios *

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>