Você já ouviu falar sobre esse minilifting de pescoço? Sabe como é feito, quando é indicado? Por que é chamado de lifting de Nefertiti?

Nefertiti foi uma rainha egípcia conhecida por sua beleza com pescoço longo e traços bem definidos. Sua beleza foi conhecida ao encontrarem seu famoso busto em 1912 no Egito. Baseando-se na vontade feminina de se assemelhar a ela e possuir seus traços perfeitos, o tratamento estético do pescoço ganhou o nome de Lifting de Nefertiti.

Se você tem entre 40 e 50 anos e tem uma discreta flacidez de pescoço esse procedimento pode ser para você!

Aplicando a toxina botulínica (botox) logo abaixo do ponto mais acentuado de nossa mandíbula e em outros pontos específicos do pescoço o botox causa na zona tratada um relaxamento nos feixes musculares, fazendo com que os outros músculos fiquem contraídos. O resultado da aplicação é o levantamento da linha do maxilar, melhora do contorno mandibular e até diminuição do aspecto de “papada”, dando um ar muito mais jovem a quem realiza o procedimento.

Da mesma forma que o botox feito no rosto, o botox no pescoço também é realizado no consultório. Um creme anestésico é administrado de 10 a 15 minutos antes da aplicação. Após o tempo de espera, são feitas aplicações tanto em planos profundos quanto superficiais. O paciente sente pequenas picadas, mas nada desconfortável.

O resultado aparece em torno de 7 a 14 dias e dura de 3 a 6 meses.

Se você está começando a se incomodar com a flacidez do seu pescoço, se o contorno de sua mandibula está mal definido, não espere isso piorar. A flacidez importante do pescoço pode precisar de procedimentos mais invasivos, inclusive cirurgia. Então a hora de procurar tratamento é quando primeiros sinais do envelhecimento dessa região começam a aparecer no espelho e chamar sua atenção!

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios *

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>